Promessas para 2014

Feliz 2014!

metas

Adeus ano velho…feliz ano novo…que tudo se realize, no ano que vai nascerrrrrr

E como começo de ano é época de novas (ou velhas) promessas, eis as minhas metas para esse ano:

🙂 Cuidar da saúde e aparência! rsss Esse ano que passou fiquei um pouco para segundo plano, o resultado foi uma aparência mais desleixada e alguns picos de pressão alta. Portanto……vamos sacudir o esqueleto!

🙂 Estar mais em contato com a natureza. Chega de ficar muito tempo dentro do apartamento! Agora que o Davi já está mais mocinho, vamos voltar a ir mais para a praia, ir ao parque, andar de bike, ficar mais ao ar livre, respirar novos ares!

🙂 Aprender novas receitinhas: ok, a comida da vovó é muito mais gostosa, mas isso não quer dizer que a mamãe aqui não poder dar uma aperfeiçoada no cardápio do bebê e deixar o paladar mais aguçado! Uebaaaaa! rsss

🙂 Ler mais: ler para mim e para estimular o Davi. Até agora quando tentei ler para ele, o momento durava apenas alguns segundos, ele simplesmente saía engatinhando deixando a mamãe aqui falando sozinha. Será que agora vai? kkkkkkk

🙂 Organizar melhor armários e gavetas: Sim, eu deixo tudo bagunçado e depois não acho nada e pior, quando acho já não serve mais no Davi! 😦

🙂 Continuar a relatar minha incrível viagem como mamãe aqui no blog!

🙂 Continuar uma mãe-criança: Sim, não mudarei nada nesse ponto, continuarei brincando, rolando pelo chão e fazendo a maior farra!

🙂 Ter outro filho………BRINCADEIRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA POR ENQUANTO NÃO! RSSSS

🙂 Fazer tudo por uma família feliz!

beijos,

Um balanço de 2013

balanço

Olá!

Esse talvez será meu último post de 2.013. Sim, pois a partir de amanhã virão as correrias da virada e uma viagenzinha para descansar, ufa!
Pensando nisso, pude fazer um balanço do que foi esse primeiro ano passado como MAMÃE! Foi um ano de muitas sensações, muitos sentimentos e muito aprendizado.

🙂 A adaptação: No início de 2.013 foi aquele período ainda de adaptação, ou seja, Davizinho com três meses de vida, chorando muito à noite e a bela aqui achando que iria surtar.

🙂 Crise de desespero: Houve o período em que entrei em crise durante a licença maternidade, pois é uma fase quase impossível de sair de casa, as horas pareciam voar, me sentia horrível e achava que nunca mais sairia de casa para me divertir! kkkk

🙂 A volta ao trabalho: Mais uma crise! Dor no coração, dias de tristeza intermináveis. O retorno ao trabalho é uma tortura para nós mamães, achava que não ficaria bem longe do meu bebê. Mas tudo foi se ajeitando e o coração acalmando a medida em que os dias iam passando.

🙂 A volta ao trabalho, parte 2: Depois me achei o máximo. Como não voltar a trabalhar? Como não voltar a me arrumar, maquiar, usar salto, conversar com pessoas e me sentir importante profissionalmente? Ufa, que bom voltar ao trabalho! kkkkk

🙂 A vida real: Ao retornar ao trabalho, pude então vivenciar a vida real: trabalhar o dia inteiro, supermercado, casa, arrumação, comida, bebê, hora do sono e novo período de adaptação e novamente achei que não ia dar conta.

🙂 O primeiro passeio sem o bebê: Daí um belo dia resolvemos sair a noite para um passeio, sem o baby. Tudo maravilhoso, uma respirada, massssss, o assunto não era outro senão aquele ser que nos esperava em casa, além de uma pontinha de sentimento de culpa por deixa-lo! Oh céus! rsss

E assim se passaram muitos episódios: batizado, aniversário, dias de vacina, resfriado, choros, risadas, falta de criatividade para fazer papinhas, casa bagunçada, árvore de natal, mala de viagem, cara lavada, atrasos, brincar no chão, e muitas, mas muitas comemorações a cada conquista e a cada aprendizado de cada deliciosa fase…
Ufa, foi um ano intenso, um ano incrível, um ano repleto de lições de como ser gente! Lições para adultos, viu!
E assim seguiremos para mais um ano a espera de mais ensinamentos e muita história boa para contar nessa INCRÍVEL que por si só a palavra já define o que é ser mãe – NAVE que se chama assim, pois para mim é um embarque numa viagem fantástica e MÃE, pois é um dom que recebemos divinamente para sermos presenteadas com um anjo do Céu enviado por Deus para “NOS ABRILHANTAR”.

Feliz Ano Novo!