Uma singela homenagem a uma nova estrelinha.

Bom dia.

A vida nos mostra situações em determinados momentos, que inevitavelmente nos faz parar e refletir sobre como estamos levando a nossa. Participo de um grupo do Face chamado “Mamães e futuras mamães”. É um grupo maravilhoso no qual trocamos ideias, experiências, dicas, enfim, compartilhamos tudo umas com as outras para sermos cada vez melhores como mães.
Dentre tantas trocas, passamos a ficar íntimas, sem ao menos nos conhecer pessoalmente e notícias tristes abalam todas do grupo.
Perdemos um guerreirinho chamado João Paulo. Um lindo menino que, após lutar bravamente e nos ensinar muito sobre amor, compaixão, vontade de viver e dar valor à vida, cumpriu sua missão e voltou a morar com o Papai do Céu. Acompanhamos durante seus dez meses de passagem entre nós, torcemos, oramos, houve campanha de doação de sangue para ele, mas o Senhor sabe o que é melhor para nós. Claro, que não posso imaginar o que essa mamãe deve estar sentindo em seu coração, é uma pessoa iluminada, lutadora, cheia de amor, mas não há força maior no mundo e nem entendimento mais científico e religioso que se tenha, que evite uma mãe perguntar “POR QUE COMIGO?” e sim, essa mãe tem todo o direito de sofrer da sua maneira, do jeito que quiser, até seu coração se acalmar e a saudade ficar guardadinha no peito.
São tantas coisas que passam pela nossa cabeça num momento como esse. E na minha eu só consigo pensar que se eu agradecer a Deus durante 24 horas do meu dia, ainda será pouco por tamanho presente que Ele me deu.
Nem sei definir mais o que é verdadeiramente ser mãe, depois que presencio notícias como essa. Mãe é um ser único na Terra, um ser evoluído mais que todos. Também menciono o papai, não deve ser fácil ter que bancar o mais forte num momento de tanta dor!
Deixo aqui uma singela homenagem à essa família que teve uma parte dela dividida com os anjos do céu. A essa mamãe um imenso desejo de se erguer novamente para continuar sua jornada com determinação e força para cuidar dos que aqui estão e lá no céu todos os dias uma estrelinha irá brilhar, aguardando o dia em que novamente irão se abraçar com amor!

Descanse em paz João!