Férias: Planejamento de uma mãe de primeira viagem

DUVIDA~1

Boa tarde.

Falando ainda sobre nossas férias:

Quando começamos pesquisar preços e destinos para a nossa viagem, não achávamos que ficaríamos tão indecisos como aconteceu. Toda essa preocupação se dá por ser nossa primeira viagem, digamos, um pouco mais longe e a três!
Antes viajávamos o maridão e eu e qualquer destino que fosse a nossa cara, com praia, mar e calor era suficiente. Podíamos passear por diferentes lugares, ficar o dia inteiro fora do hotel, comer qualquer coisa em qualquer lugar que fosse bacana, enfim, nos divertíamos sem preocupações.
Porém, agora temos o Davi, com 1 ano e todas as preocupações possíveis vieram à minha cabeça na hora de definir para onde iríamos.
Comecei a questionar sobre um montão de coisas e queria um lugar que tivesse uma estrutura adequada para receber um bebê e oferecesse serviços direcionados para tal.
Não foi fácil para mim, que sou desconfiada de tudo e muitas vezes do tipo “ver para crer” e, como tudo, quanto melhor, mais se paga por isso e então também tínhamos que conciliar quanto podíamos pagar pela viagem.
Enfim, depois de muito pesquisar conseguimos um lugar bacana, que me deu a impressão de atender às nossas “exigências” rs, resta agora conferir durante nossa hospedagem! Bahia, lá vamos nós!
Bom, abaixo listei alguns pontos que considerei na hora da escolha do destino x hospedagem:

🙂 Localização: pensamos em um local que não fosse muito deserto, longe de tudo, vai que pinta alguma emergência ou então tenhamos que nos deslocar muito para compras, alimentação, etc.
🙂 Acomodações: tipo de acomodação oferecida: há disponibilidade de berço/caminha, banheira? (em nosso caso são disponibilizados carrinhos de bebê também)
🙂 Alimentação: o local tem Copa do bebê? Há utensílios adequados para a preparação do leite, suco ou outros alimentos? Funciona 24 horas, caso precise preparar uma mamadeira durante à noite?
🙂 Cardápio: Existe um cardápio especial para crianças/bebê? Posso escolher o tipo da comidinha? É preparada na hora?
🙂 Horário de embarque, ida e retorno: Me preocupei muito com isso, como é a primeira vez, não gostaria de pegar um horário de vôo noturno muito tarde, pois não sei a reação do Davi durante a viagem. Porém, nossa ida é por volta de 06:00hs da manhã e o retorno com um horário um pouco melhor. Vamos aguardar…
🙂 Existe ambulatório, médicos, medicação, sei lá…
🙂 Recreação: Existe espaço para brincar de acordo com a faixa etária?

Parece muita encanação, mas se tratando de uma pessoa crítica e encanada como eu, isso é absolutamente normal. É só uma mãe de primeira viagem, querendo o melhor em segurança para o seu filho!

Até!

Contagem regressiva: férias

Tachegando

Olá!

Não tenho vindo aqui nos últimos dias pois estou na correria para organizar tudo no trabalho, daqui alguns dias estaremos merecidamente saindo de férias!
Estou muito ansiosa só de pensar em ficar durante 24 horas, por vários dias com o meu pequeno! Sim, dormir, acordar e não ter que leva-lo para a casa da vovó, simplesmente ficarmos juntinhos o dia inteiro! Ai que delícia!
Ainda estou meio atrapalhada no planejamento das férias, ando muito atarefada e parece que não é verdade que sairei para descansar.
No último ano, eu estava de licença maternidade e as férias foram emendadas com esse período. Portanto, não consigo chamar de “férias” aquela época pois eu estava num momento de adaptação e algumas dificuldades na nova fase de mãe. Os 5 meses em que fiquei em casa passaram voando e eu parecia um trapo! kkkkk
Agora é tudo diferente, não somos só o maridão e eu saindo de férias, agora somos três, papai, mamãe e Davi. Maravilhoso!
Bom, quero registrar tudo sobre como serão nossas primeiras férias juntos. Nos primeiros dias iremos passear pelo litoral de SP e depois o Davi irá voar pela primeira vez de avião! Ebaaaaaaaaaaa!
Tenho certeza que serão dias muito divertidos com a nossa família e eu vou contar tudinho aqui!

Beijos,

🙂

A primeira birra em público :(

birra

Olá!

O Davi está numa fase delicada. Apesar dos inúmeros esforços para acertarmos na educação dele da melhor maneira possível, uma coisa é bem difícil de querer trabalhar que é a personalidade da criança, gênio forte! rs
Bom, é a fase da curiosidade extrema e do “quero porque quero”.
Em casa é um ritmo intenso e cansativo: quer abrir tudo, pegar tudo, fazer tudo do jeito dele e um simples não é motivo para abrir um berreiro digno de Oscar de melhor ator! Oh Céus!
Tem horas que acho que nada funciona: falar baixo, tentar conversar com calma, explicar, berrar, gritar, pegar o chinelo, virar as costas, kkkkkkkkkkk nada adianta!!!! Socorro!
Masssss, eis que o momento que eu mais temia por fim aconteceu. Sempre que eu via uma criança fazendo birra num local público (mesmo bem antes de engravidar), a cena me dava desespero, eu já tinha trauma mesmo nunca ter passado por nada parecido, mas me arrepiava só de pensar em como eu agiria se eu fosse aquela pobre mãe exposta com seu “artista em ação”. Jesus amado!
Ok, ontem fomos a um Hipermercado, pois precisava comprar um chinelinho para o Davi porque o dele já está pequeno. Ao mesmo tempo que ele é um doce de garotinho, é também um mini furacão!
Agora que está andando, mais ainda, a figura parece que tem quatro braços. Era passar pelo corredor, uma distraída e lá estava ele fazendo a “rapa” na prateleira, carregando tudo o que podia nos braços. E lá vai a mãe parecendo uma maluca devolvendo tudo enquanto ele virava o corredor e já sumia de vista! Socorro (mais uma vez).
Beleza, vamos escolher o chinelinho. Olha daqui, procura dali e nada da numeração, apenas um grito estridente “Cocó, cocó, cocó”…era um bendito chinelinho da Galinha Pintadinha, para bebê, minúsculo, mas ele queria pegar.
Decidimos deixar com ele até que fôssemos embora, já que não encontramos a sua numeração e não levaríamos nenhum chinelo. Erramos feio! Na hora de ir embora, achamos que era só mostrar alguma outra coisa para distraí-lo e devolver a bendita galinha para a prateleira, mas foi só tirar da mão dele que a sirene logo disparou no seu volume mais estrondoso: BUÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ!
Ai! Lá estava eu, com o coração acelerado e as bochechas vermelhas porque enfim isso estava acontecendo comigo e eu não sabia como lidar. Vontade de jogá-lo nas costas como o Homem das Cavernas e fugir correndo dali. Um moço brincou querendo amenizar: “Nossa, quem foi que beliscou esse menino lindo?” e eu apenas com um sorrisinho amarelo.
Graças a Deus o papai teve mais sangue frio, o pegou no colo como se aqueles berros fossem música para seus ouvidos e saiu calmamente mostrando as vitrines e fingindo: “olha lá o Má, a vovó, a Peppa” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Sim, ele se acalmou e seu rosto estava completamente lavado de lágrimas, tinha sofrido muito com a perda repentina de “seu” chinelinho tamanho mini da Galinha Pintadinha. he he he
Cheguei a falar pro papai: “Nossa, será que ele vai ficar doente de vontade de ter o chinelinho?” e fui logo repreendida: “Claro que não, precisa é parar de tanto mimo com esse menino”
E assim, fomos embora tranquilamente e com alívio para a casa da vovó que, ao nos receber, foi logo contando que tinha comprado um chinelinho lindo do Homem Aranha para o neto. O que?!?!?!?!?!
Não, eu não precisava ter passado por tudo aquilo. Não ontem, não naquele momento! 🙂

Fim!

Os primeiros passos. Hora de comemorar!

Bom dia, bom dia, bom dia!

Depois de alguns posts comentando sobre a expectativa de todos em ver o Davi começar andar, eis que esse dia chegou! E chegou de uma forma muito, mas muito natural mesmo!
Parece que ele esperou todo muito se aquietar, parar com a cobrança, pressão e quando todos estavam distraídos, ele levanta e vai, cambaleando, parecendo um pinguim, um pezinho de cada vez!
Cheguei na casa da minha mãe para busca-lo e logo no portão ouvia muitos aplausos, gargalhadas e vibrações, parecia um jogo da copa do mundo em que o Brasil marcava um gol. Entrei tranquilamente e avistei um menininho em pé, bracinhos levantados gritando “Êêêêêêêê”. Fiquei estátua, quase sem acreditar e sim, ele estava caminhando! A coisa mais linda e muito emocionante! E não pensem que era um passinho aqui, outro ali não, era rápido, quase que correndo! kkkkkk
Foi lindo ver meu pequeno em mais um avanço do seu desenvolvimento. E ele sabe de sua conquista, pois a cada passo vibrava de alegria, cada tombinho levantava e chamava mamãe, papai ou vovó para vê-lo andar.
Brincamos como criança na sexta feira quando estávamos em casa. Fizemos um trenzinho: Davi na frente, mamãe atrás e papai por último e fomos cantarolando um ritmo qualquer apenas para incentivá-lo na caminhada. E ele entrou no clima, fomos os três andando e cantando pra lá e pra cá e o papai ainda foi filmando tudo. No final do “percurso” ele ainda dava meia volta e continuava, sem cambalear… cambaleava um pouquinho, vai kkkkkk
Foi um momento único, só nosso e foi maravilhoso. Rimos, demos muitas gargalhadas, vibramos muito e lá estavam “três crianças” maravilhadas com uma simples brincadeira de trenzinho. Simples, mas uma data que ficará marcada pelo resto de nossas vidas, em mais um capítulo da nossa história.
Sim, aos 15 meses de vida nosso príncipe deu seus primeiros passos. É tempo de comemorar!

Feliz! 🙂 ♥

Nosso pinguinzinho dando seus primeiros passos

Nosso pinguinzinho dando seus primeiros passos

Brinquedos Educativos e Criativos

Foto extraída do site Castelo Mágico

Foto extraída do site Castelo Mágico

Oi gente!

Da última vez que levei o Davi no consultório do pediatra, passamos em frente uma loja bem bonitinha, toda decorada onde anunciava “Brinquedos Educativos”. Isso me chamou muita atenção e eu fiquei mega curiosa para visitar.
Por sorte, hoje fui fazer alguns exames e o laboratório fica bem próximo à loja e eu, tendo o maravilhoso “pretexto” de ir procurar um presente para o filho do meu chefe, que completará 3 anos, não tive dúvidas em passar lá.
Nossa, logo que entrei eu fiquei maravilhada, nem sabia para onde olhar. A loja é literalmente cheinha de brinquedos pedagógicos, educativos e para a minha surpresa, com muitos brinquedos “da nossa época”, aqueles em madeira, simples, mas que são sensacionais para brincar. A loja é dividia por tipo de brinquedos e até faixa etária. Tem uma parte também que é só de livrinhos com diversas histórias, contos, livros sonoros, livros de brincar no banho, etc.
Alguns itens que me chamaram a atenção:

🙂 Cavalinho de cabo de vassoura. Lindo, lindo! E ainda vem com um botão que você aperta e ele relincha.
🙂 Kit pipa. Maravilhoso! Vem como varetas, folhas de seda, cola e rabiola para montar pipa. Achei o máximo para lembrancinha de aniversário (o Davi ama pipa)
🙂 Kit “brinquedos de antigamente”: Outra maravilha! Vem com bolinhas de gude, pião e peteca.
🙂 kit camiseta: vem com uma camiseta com desenho simples e lindo (tipo esses de colorir) e tinta para tecido. A criança usa a criatividade e pinta a camiseta do seu gosto.
🙂 Tapete para colorir: Um tapete com diversos temas, já vem com lápis para colorir e por ser de plástico, vem também um paninho para limpar e começar a brincadeira tudo de novo. O que vi, de menino, ainda vem com um carrinho para brincar na “rua do tapete”. Lindo!
🙂 Blocos em madeira com alfabeto: de um lado é a letra do alfabeto, do outro a figura de um animal cujo nome começa com a mesma letra.

Fora outras muitas opções com tabuada, palavras em espanhol, matemática, jogos de memória, fantoches, e outros que estimulam noção de quantidade, formas, cores, coordenação motora, etc.

Sim, fiquei encantada com a loja e voltarei mais vezes com toda certeza. Bom, os preços não são lá tão baratos, mas também nada absurdo, tem vários tipos de preços! Livros, por exemplo a partir de R$ 9,90 (bom né?)

Ahhhhhh! Comprei para o aniversariante um super caminhão, daqueles que carregam animais. Tem uma portinha na caçamba que desliza para abrir e dentro tem tipo umas divisões em prateleiras onde estão 12 tipos de animais (6 de um lado do caminhão e 6 do outro). Bem colorido e tudo em madeira. Amei!

A loja fica no Cambuci, segue o site:

http://www.castelomagico.com.br

logo

Espero que gostem da dica!