Dica de leitura:

Bom dia!

Já falei em outro post sobre a importância de inserir a leitura para a criança o mais cedo possível. Ler histórias infantis faz a criança perceber o mundo, facilita o desenvolvimento da fala e do pensamento, aguça a criatividade e imaginação, estreita a relação, entre outros benefícios.
A dica de hoje é sobre a campanha “Leia para uma criança” do Itaú. A ação de incentivo à leitura 2013 já começou e esse ano serão enviados 2 livros.
Qualquer pessoa que queira transformar a vida de uma criança através da leitura pode solicitar a coleção através do preenchimento de um cadastro e de um questionário.
Vale lembrar que esse post é uma divulgação voluntária, ou seja, não há nada vinculado ao banco.
Os livros que serão enviados esse ano são:

O mundo inteiro de Liz Garton Scalon e Marla Frazee A praia deserta, a noite tranquila, o dia de chuva, a horta, a cozinha e a família reunida... O que seria o mundo inteiro? Leia para uma criança: esta obra com versos rimados retrata conceitos universais numa linguagem simples e delicada. Vencedor do prêmio Cadelcott Honor de melhor ilustração.

O mundo inteiro
de Liz Garton Scalon e Marla Frazee
A praia deserta, a noite tranquila, o dia de chuva, a horta, a cozinha e a família reunida… O que seria o mundo inteiro? Leia para uma criança: esta obra com versos rimados retrata conceitos universais numa linguagem simples e delicada. Vencedor do prêmio Cadelcott Honor de melhor ilustração.

E o dente ainda doía de Ana Terra Um jacaré folgado e largado não consegue descansar por causa de uma tremenda dor dente. E mesmo com a ajuda de outros bichos... o dente ainda doía! Leia para uma criança: e descubra como essa divertida história brinca e educa com números em um ritmo gostoso de lenga-lenga.

E o dente ainda doía
de Ana Terra
Um jacaré folgado e largado não consegue descansar por causa de uma tremenda dor dente. E mesmo com a ajuda de outros bichos… o dente ainda doía! Leia para uma criança: e descubra como essa divertida história brinca e educa com números em um ritmo gostoso de lenga-lenga.

Quando ganhei os livros das edições anteriores eu nem tinha o Davi ainda, mas eles foram guardados com carinho esperando a sua chegada.
Eu já solicitei a minha coleção e você? Acesse http://www.itau.com.br/itaucrianca e peça já a sua.

Anúncios

A incrível nave mãe apoia Outubro Rosa : )

outubro-rosa

🙂 Como surgiu:

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade (www.komen.org).
Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas a prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas ações eram e são até hoje direcionadas a conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche e etc. (www.pink-october.org).

A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente.

A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos diante de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.

Fonte: http://www.outubrorosa.org.br/

🙂 Auto Exame de mama:

O que é o auto-exame?

É o exame das mamas efetuado pela própria mulher. É conhecendo suas mamas que você pode verificar qualquer alteração.

– Quando fazer?

Faça o auto-exame uma vez por mês. A melhor época é logo após a menstrução. Para as mulheres que não menstruam mais, o auto-exame deve ser feito num mesmo dia de cada mês, como por exemplo todo dia 15.

– O que procurar? – Diante do espelho:

• Deformações ou alterações no formato das mamas
• Abaulamentos ou retrações
• Ferida ao redor do mamilo

– No banho ou deitada:

• Caroços nas mamas ou axilas
• Secreções pelos mamilos

A T E N Ç Ã O:

• Caso você encontre alguma das anormalidades citadas, lembre-se que é importante procurar um serviço médico: os ambulatórios, postos e centros de saúde pública podem ajudá-la. Quanto mais cedo melhor!

• Além disso, caso você, por qualquer motivo, procurar seu médico, peça-lhe para que examine também suas mamas. E se for solicitada uma mamografia, exiga o selo de qualidade no relatório do seu exame. Este é a garantia de um exame confiável.

Fonte: http://bvsms.saude.gov.br

Fonte: Femama

Fonte: Femama

Minha casa está uma bagunça!!!

HELP ME

Gente,

Ontem aconteceu algo engraçado. Ninguém percebeu, mas eu tive uma erupção interna que consegui administrar bem, pois sabia que de nada adiantaria surtar e, principalmente que isso é só o começo.
Minha sogra ia nos visitar, eu estava correndo para preparar o jantar e minha disposição ontem não estava lá essas coisas, ou melhor, eu estava totalmente lenta, se pudesse me esparramaria no sofá e ficaria por lá até hoje na hora de ir trabalhar! kkk
Pois bem, enquanto eu estava na cozinha ela chegou e na hora em que entrou meus olhos arregalaram e eu respirei fundo para não dar nenhuma gafe, já que o sorriso dela para o Davi era algo muito entusiasmado.
Ela estava totalmente coberta por brinquedos infláveis, daqueles enormes. Era um avião, uma bola, um Ben 10 e uma bóia, tudo para o Davi se acabar de brincar.
Ao ver aquela cena, a neurótica aqui ao invés de imediatamente se alegrar, não, foi logo pensando “Onde é que eu vou enfiar tudo isso? Já não tem espaço pra nada nesse apartamento!”. Dei uma olhada 360 graus pela casa e pude ver caneca embaixo da mesa, carrinho espalhado pelo chão, bonecos, ursos, sapatinho e tudo mais o que ele consegue sair jogando pelo caminho! Uau, logo eu que sempre gostei da casa arrumadinha, tipo “apartamento decorado em lançamento de empreendimento”! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Bom, respirei fundo e percebi que tudo aquilo era o começo de mais uma maratona de descobertas, brincadeiras e tudo mais daquele ser que veio para sacudir nossa vida. Que não adianta mais estressar, que isso vai acontecer sim: as pessoas vão presenteá-lo porque o amam, ele vai espalhar tudo porque está aprendendo, se desenvolvendo, tornando-se curioso e cabe a mamãe aqui organizar tudo da melhor maneira e, conforme ele for crescendo e aprendendo, ensiná-lo que brinquedos devem ser guardados depois de brincar.
O que eu fiz depois? Sentei no chão e comecei a brincar junto com ele. Colocamos o pequeno sentado no centro da bóia e o arrastamos pela sala como se fosse um carrinho. Ele adorou, é claro!

🙂

Viver para aprender!

Saudade prematura!

Olá!

Estava eu pensando que em 11 meses de vida o Davi já nos proporciona uma saudade prematura. Não, não é a saudade de ficar longe, de sair para trabalhar e ter que deixá-lo, é a saudade daquele ser menor do que ainda é. Em apenas 11 meses ele cresceu, aprendeu coisas e agora bate uma saudadezinha daquele “mini gente” que mal abria os olhos, que dava gemidinhos e espremidinhas com perninhas e bracinhos.
Ontem na hora do jantar eu e meu marido observávamos ele brincar no chão: engatinhava pra lá e pra cá, subia nas coisas, tagarelava alto, ria, enfim…
E então começamos a conversar sobre a velocidade do tempo quando meu marido disse: “Daqui a pouco não vai nem querer saber da gente. Vai crescer e ir pra vida”. Calma papai, ainda vai levar um tempo!!!!
Mas não deixa de ser verdade, então, ele pegou o Ipad e começou a filmar tudo o que ele fazia, qualquer gracinha lá estava ele registrando. Era uma gargalhada, uma travessura ou…nada demais, simplesmente para guardar esse momento lindo que é ter o bebê “só nosso”.
Rimos muito com aquela bagunça. Ok, o Davi nem deu importância, continuou com suas brincadeiras e curiosidades como se nada estivesse acontecendo e nós dois lá, filmando, fazendo caras e bocas igual a bobos!
Mas foi gostoso, foi divertido, pudemos nos entregar e curtir nosso filho inteiramente naquele curto período que temos para ficarmos juntos durante a semana.
Como é bom chegar ao final de um dia de trabalho e sair correndo sabendo que vou encontrar aquele pequeno garoto que transforma minha vida de um jeito gigante.
E ao mesmo tempo em que a saudade vai, ela volta e assim imagino que sempre será!

Viver para aprender!

Saudades de você bem pequenino!

Saudades de você bem pequenino!

🙂